quarta-feira, 23 agosto 2017
Home / Curiosidades e Entretenimento / 10 coisas curiosas sobre Game of Thrones

10 coisas curiosas sobre Game of Thrones

Você sabia que Game of Thrones é um grande sucesso internacional com mais de 20 milhões de fãs que a assistem regularmente? E que a série de George R. R. Martin criou uma história que virou um legado cultural como nenhum outro programa de TV moderno?

É isso mesmo! E independente de você ser um grande fã de Game of Thrones ou alguém que prefere ler sobre alguns fatos antes de começar a assistir uma nova série, você vai adorar conhecer essa lista com “10 coisas que você nunca tinha pensado sobre Game of Thrones anteriormente”. Confira, compartilhe com seus amigos e vire mais um fã satisfeito:

10 – Aemor Targaryen era cego na vida real

Peter Vaughn, o ator que faz o papel do Mestre Aemon da Muralha, era cego na série e na vida real também. O ator interpretava Aemon como um homem sábio e de confiança, de modo que sua cegueira dá ao personagem um lado totalmente compassivo. Sendo um ancião, Aemon já viu muita coisa na sua época e agora que não enxerga mais, ele tem muito a nos ensinar no enredo.

9 – George R. R. Martin realmente queria Peter Dinklage na série

Quando ficou claro que Game of Thrones seria desenvolvido para uma série de televisão, George R. R. Martin tinha certeza só havia uma pessoa capaz de representar Tyrion Lannister precisamente. Ele então fez de tudo para que Peter Dinklage pegasse o papel o mais rápido possível.

8 – Bebês com nomes dos personagens

Após a série tomar fama internacional, novos pais começaram a honorar o show nominando seus filhos com os nomes dos personagens. Em 2014, 1544 bebês foram nominados “Arya” nos Estados Unidos, fazendo com que fosse o 216º nome mais popular, quatro lugares à frente do comum nome Jeniffer. Também foram denominados 368 pessoas como “Khaleesi”, 60 como “Tyrion”, e 15 como “Theon”.

7 – Sansa Stark adotou seu lobo na vida real

Sophie Turner, que interpreta Sansa Stark, adotou Zunni, o cão Inuit do Norte que interpretou seu animal de estimação na primeira temporada da série. “Sempre quis um cachorro, mas meus pais nunca quiseram um”, disse Turner ao Coventry Telegraph em 2013. “Nós meio que nos apaixonamos pelo lobo da personagem, Lady, no set de filmagem. Sabíamos que Lady morreu e eles queriam dar um novo lar a ela. Minha mãe os convenceu a nos deixar adotá-la.”

6 – Introdução que muda constantemente

Por acaso você sempre pula a introdução da série, dizendo a si mesmo que é simplesmente muito longa e repetitiva para se assistir toda vez? Bom, não faça isso! Enquanto todos sabem que a introdução de Game of Thrones mostra um mapa bem legal junto à icônica música do tema, o que muitos não sabem é que os locais na introdução mudam toda vez que uma nova terra é introduzida ao show.

A introdução é feita para orientar quem está vindo para Westeros, deixando claro onde cada história está tomando lugar e o quão longe está da ação acontecendo no show. Com uma série tão focada na estratégia e até chamada de “Game”, a abertura faz um trabalho fantástico de retratar cada local como peças que se movem num jogo de tabuleiro, e como resultado cada episódio nos mostra a etapa do jogo: onde estamos, onde vamos e o quanto ainda falta para chegar onde se deseja.

5 – George R. R. Martin prefere sexo à violência

O autor por trás de Game of Thrones deixou sua posição clara quando questionado – presumivelmente pela milésima vez – por que há tantas cenas de sexo em seu livro. Em uma entrevista, Martin disse: “Eu posso descrever um machado entrando em um crânio humano em grandes detalhes e ninguém dará a mínima. Eu forneço uma descrição semelhante, tão detalhada quanto à anterior, de uma genitália entrando em outra, e eu recebo cartas de juramentos negativos de pessoas. Na minha mente isso é meio frustrante, uma loucura.”

4 – Você também pode ter seu próprio lobo

Os fãs de Game of Thrones que estão doidos pelo seu próprio Ghost, Nymeria ou Grey Wind, podem estar com sorte. O Projeto Dire Wolf, realizado pela American Alsatian Breeders Association, conseguiu criar uma série de grandes alsatianos americanos de 130 libras que eles chamam de “lobos terríveis”. Também vale a pena comentar que o verdadeiro lobo, Canis dirus, foi extinguido em torno de 10,000 anos atrás: o alsatiano americano pode parecer bastante com o lobo original, mas não há nenhuma ligação genética significativa entre ambos.

Enquanto isso, a série representa os lobos da casa Stark usando os cães Inuit do Norte, um híbrido criado no final dos anos 80 que se assemelha aos modernos lobos cinzentos.

3 – É a série mais pirateada do mundo

Embora Davos Seaworth seja o pirata mais fomoso de Game of Thrones, está longe de ser o único. Na verdade, a Game of Thrones é o show mais pirateado do mundo, constantemente quebrando os recordes de downloads ilegais.

Como exemplo, o episódio da 5ª temporada “The Wars to Come”, foi baixado 13 milhões de vezes, resultando em uma perda de US$ 44 milhões nesse episódio.

Enquanto isso, outro episódio da mesma temporada, “Kill the Boy”, acumulou 2,2 milhões de downloads em apenas doze horas, um novo recorde, provando que, embora as classificações de TV da série sejam espetaculares, são apenas a ponta do iceberg em termos de quantas pessoas assistem Game of Thrones.

2 – Até os trajes contam história

A próxima vez que você assistir Game of Thrones, dê uma olhada em alguns dos trajes, criado pela costureira Michele Carragher e a designer Michele Clapton. O vestido de noiva de Sansa na quarta temporada, por exemplo, continha um padrão intrincado com lobos e peixes, para simbolizar sua herança conjunta de Stark e Tully, enquanto um leão dominante na parte de trás do vestido simbolizava a forma como a vida de Sansa havia caído sob o controle dos Lannisters.

Enquanto isso, numa entrevista com a atriz que interpreta Sansa – Sophie Turner – foi revelado que até o corset que ela usa por debaixo de alguns vestidos é bordado com libélulas, apesar de nunca poder ser visto por quem está assistindo.

1 – Hodor

Nesse ponto da lista é claro que Game of Thrones está dominando o mundo e ninguém tem nenhum problema com isso, mas ainda há uma coisa para discutirmos: Hodor. Sendo o gigante favorito de todos, Hodor é a pessoa mais próxima da pura bondade na série, apesar de tecnicamente dizer apenas “Hodor”.

De acordo com o ator que faz o papel de Hodor, Kristian Nairn, há em torno de 70 modos de dizer “Hodor” e cada jeito significa algo totalmente diferente e auxilia Hodor a expressar um sentimento diferente. “Há o Hodor com raiva, Hodor feliz, Hodor triste, Hodor com medo, Hodor curioso… e Hodor pelado”, diz Nairn. E enquanto você pode pensar que Nairn ficaria frustrado de ser o único ator em Game of Thrones que diz apenas uma palavra, as boas novas é que ele diz que ama fazer isso, clamando “Oh, eu adoro dizer Hodor!”

Enquanto Hodor está feliz, todos estamos felizes, portanto tudo está bem no reino.

[Telegraph] [Mental Floss][Screen Rant]

CONFIRA

5 mentes brilhantes que foram condenadas à morte

No decorrer dos séculos, muitos cientistas foram perseguidos, censurados e até condenados por defenderem ideias …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Watch Dragon ball super